Seguro Desemprego 2020

O seguro desemprego é um direito previsto na legislação trabalhista que garante um auxílio por dinheiro durante um determinado período ao trabalhador demitido sem justa causa. Mas não só isso, é necessário também cumprir com outros requisitos. Então, quer saber um pouco mais sobre o Seguro Desemprego 2020? Leia o artigo abaixo!

Seguro Desemprego 2020

Seguro Desemprego 2020

Nova Regras Seguro Desemprego

Nos últimos anos, o Governo Federal fazendo diversas modificações a respeito da solicitação do benefício. Atualmente, as regras para seguro desemprego são:

  • Para solicitar o Seguro Desemprego 2020 pela primeira vez, é necessário ter exercido atividade remunerada por no mínimo 12 meses no ano-base;
  • Para solicitar o benefício pela segunda vez, é preciso ter trabalhado no mínimo 9 meses no ano-base;
  • Para solicitar o seguro desemprego pela terceira vez, é preciso apresentar um tempo de trabalho que não seja inferior a 5 meses.

Quem tem direito

Assim como outros benefícios concedidos pelo Governo Federal, o seguro desemprego possui algumas regras que definem que tem direito ao benefício. Os principais requisitos são:

  • Estar pelo menos a 16 meses sem receber o seguro desemprego;
  • Não receber outro benefício assistencial;
  • Ter sido demitido sem justa causa de emprego com carteira assinada;
  • Não ser sócio de empresa ou participação societário em pessoa jurídica;
  • No caso de trabalhadores rurais, é preciso ter no mínimo 15 meses trabalhados com carteira assinada nos últimos 24 meses.

Parcelas Seguro Desemprego 2020

A quantidade de parcela é variada de acordo com a quantidade de pedido:

1º pedido:

  • 4 parcelas
  • Se tiver trabalhando entre 18 e 23 meses nos 36 meses anteriores

2º pedido:

  • 4 parcelas
  • Se tiver trabalhando entre 12 e 23 meses
  • 5 parcelas
  • Se tiver trabalhando no mínimo 24 meses

3º pedido

  • 3 parcelas
  • Se tiver trabalhando entre 6 e 11 meses
  • 4 parcelas
  • Se tiver trabalhando entre 12 e 23 meses
  • 5 parcelas
  • Se tiver trabalhando por, no mínimo, 24 meses

Cálculo Seguro Desemprego 2020

O cálculo do Seguro Desemprego 2020 é feito da seguinte maneira:

  • O trabalhador precisa conhecer a média dos últimos três salários recebidos;
  • Para um rendimento salarial de até R$1.450,23, multiplica-se a média salaria por 0,80 (80%);
  • Na faixa salarial de R$1.450,24 a R$2.417,23, multiplica-se por 0,50 (50%) e soma-se a quantia de R$1.160,18;
  • O trabalhador que ganha mais que R$2.417,269 vai receber parcelas de R$1.643,72.

Consulta Seguro Desemprego

A consulta ao Seguro Desemprego 2020 é um procedimento muito simples que consiste em pouquíssimos passos, são eles:

  1. Inicialmente, acesse o site da Caixa Econômica Federal pelo seguinte endereço eletrônico: https://acessoseguro.sso.caixa.gov.br.
  2. Na página da Caixa Econômica, informe os seguintes dados:
    • CPF, NIS ou E-mail
    • Senha
  3. Ao término do preenchimento, clique em “Não sou um robô” e, em seguida, “Acessar”. Se todos os dados estiverem corretos, você será redirecionado para consulta ao seguro desemprego.

Valor do Seguro Desemprego 2020

O trabalhador pode se informar sobre o valor do Seguro Desemprego 2020 numa agência da Caixa Econômica Federal ou também pela internet por meio do site da instituição financeira.

  1. Acesse o site da Caixa Econômica Federal pelo seguinte endereço: https://sisgr.caixa.gov.br/internet.do?segmento=CIDADAO01.
  2. Preencha o formulário com número de inscrição social e a senha internet.
  3. Ao término do preenchimento, clique em “ok”

Prazo para dar Entrada no Seguro Desemprego

Não é possível dar entrada no Seguro Desemprego a qualquer momento, você precisa seguir um prazo de solicitação.

O prazo para solicitação normalmente inicia a partir da data de demissão, sendo entre 7 a 120 dias para dar entrada no Seguro Desemprego 2020.

No caso do empregado doméstico é um pouquinho diferente, o mesmo terá apenas entre 7 a 90 dias para solicitar o benefício, contando também a partir da data da sua demissão.

Agendamento Seguro Desemprego pela Internet

Com o avanço da tecnologia diversos procedimentos ficaram muito mais fáceis e práticos de serem realizados, como é o caso do agendamento Seguro Desemprego 2020.

Em algumas cidades, foi determinado pelo Governo Federal que o agendamento fosse feito para que a solicitação do benefício possa ser feita.

Essa iniciativa tem como intensão otimizar processos e o atendimento. Veja abaixo como esse agendamento pode ser feito:

  • Acesse o site do MTE, clicando aqui;
  • Selecione o seu estado, município e tipo de atendimento;
  • Informe o código de segurança da imagem;
  • Por fim, selecione “Prosseguir”.

  • Na próxima janela, você deverá clicar em “Ações”.
  • Então, selecione a data desejada para realizar o agendamento;
  • Escolha ainda o melhor horário.

Para finalizar, você deverá informar alguns dados, como:

  • CPF;
  • Data de Nascimento;
  • Telefone para contato;
  • Código de segurança.

Como Dar Entrada no Seguro Desemprego 2020

Para dar entrada no Seguro Desemprego existem diversos passos, por isso, é importante você se organizar para não perder o prazo de solicitação. Entenda abaixo:

O primeiro passo é realizar o agendamento, como explicado acima. Além da internet, você pode optar por agendar o Seguro Desemprego pelo telefone, através do canal telefônico Central Alô Trabalho do Ministério do Trabalho e Previdência Social – 158.

Depois disso, será necessário separar a documentação para levar consigo na agência da Caixa no dia e horário marcado através do agendamento. É importante que você leve os seguintes documentos:

  • 3 Últimos contra cheques recebidos pelo trabalhador alguns meses antecedentes a demissão;
  • Extrato FGTS ou documento que comprove os depósitos, Termo de rescisão do contrato de trabalho ou termo de quitação;
  • Documento que comprove nível de escolaridade;
  • Documento de Identificação;
  • Requerimento do seguro (deve ser entregue pelo empregador no ato de demissão);
  • CPF;
  • Carteira de Trabalho;
  • Documento de Identificação do PIS/PASEP;
  • Comprovante de residência.

O último passo, é se dirigir a agência no dia marcado. Os locais possíveis para dar entrada no seu benefício são os seguintes:

  • Agências da Caixa Econômica Federal;
  • Unidades que tem parceria com o Ministério do Trabalho e Previdência Social;
  • Sistema Nacional de Emprego (SNE);
  • Superintendências regionais do trabalho e emprego.

Como Receber Seguro Desemprego

Atualmente, existem três maneiras de receber o Seguro Desemprego, são elas:

  • Para correntistas da Caixa Econômica, as parcelas do seguro desemprego são depositadas na conta poupança ou conta Caixa Fácil, contato que essa conta possua saldo e movimentação e seja individual.
  • Caso o trabalhador possua Cartão Cidadão, é possível realizar o saque da parcela em terminais de autoatendimento, correspondente Caixa Aqui e também lotéricas conveniadas a CEF.
  • Caso o trabalhador não possua Cartão Cidadão, é possível sacar na boca do Caixa, desde que tenha um documento de identificação em mãos, como a carteira de trabalho.

Dúvidas sobre o Seguro Desemprego

Ainda possui dúvidas sobre o Seguro Desemprego? Para esclarecê-las é possível comentar abaixo ou se preferir pode telefonar para a Central de Atendimento da Caixa Econômica Federal:

  • 0800 726 0101.

Se você possui direito a esse benefício, faça a solicitação do mesmo o quanto antes.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Leave a Reply