Cadastro Bolsa Família 2020

O Bolsa Família é um programa do governo federal que faz uma transferência de renda para famílias que são consideradas pobres ou extremamente pobres. O programa já ajudou milhões de brasileiros espalhados pelo país, principalmente nas regiões mais pobres do Brasil. Nos próximos tópicos vamos explicar melhor o que é o programa, como fazer o seu cadastro Bolsa Família, quem tem direito, as documentações necessárias para o seu cadastramento, onde fazer e muito mais. Acompanhe o cadastro Bolsa Família abaixo!

Cadastro Bolsa Família

Cadastro Bolsa Família


Cadastro Bolsa Família 2020

O programa Bolsa Família já existe há mais de 15 anos e já teve outro nome, como Bolsa Escola 2020. Depois, o programa fez uma junção do Bolsa Escola com Bolsa Gás e outros benefícios para facilitar esse auxílio para as famílias necessitadas.

Essa junção de vários programas sociais teve um único objetivo de reduzir a pobreza e a miséria no país.

Hoje, mais de 13 milhões de famílias são atendidas pelo Bolsa Família, conseguindo tirar a maioria da pobreza ou miséria.

Se você se encaixa dentro dos requisitos que veremos a seguir, você pode fazer o seu cadastro Bolsa Família de forma fácil, vamos falar agora mesmo quais os passos que você deve seguir para isso.

Como se Cadastrar no Bolsa Família

Como se Cadastrar no Bolsa Família


Requisitos para a Inscrição Bolsa Família

Como dissemos anteriormente, os inscritos do Bolsa Família precisam estar em situação de pobreza ou extrema pobreza. Veja os detalhes:

  • A família considerada extremamente pobre é aquela que recebe até R$89 por membro familiar;
  • A família pobre é aquela que recebe até R$177 por pessoa;
  • A família deve estar inscrita no Cadastro Único dos Programas Sociais do Governo Federal;
  • Crianças com idade entre 6 e 15 anos de idade precisam ter assiduidade escolar de até 85%
  • Jovens com idade entre 16 e 17 anos de idade precisam der assiduidade escolar de até 75%
  • A família deve ser selecionada pelo MDS;
  • As mães que amamentam, precisam participar de atividades educativas do Ministério da Saúde. Essas atividade são relacionadas a alimentação saudável e aleitamento materno;
  • Quando há gestantes no grupo familiar, é obrigatório ir a consultas pré-natal;
  • O cartão de vacinação de criança com idade entre 0 e 7 anos deve estar em dia;
  • As mulheres com idade entre 14 e 44 anos devem ter acompanhamento de saúde.

Após fazer o seu cadastro Bolsa Família e conseguir sua aprovação, o responsável precisa sempre atualizar seus dados e de sua família de 2 em 2 anos.

Veja também como fazer seu cadastro na Identidade Jovem (ID JOVEM) do Governo Federal


Tipos de Benefícios

Benefício Variável:

Concedido aos grupos familiares em situação de extrema pobreza ou pobreza, que possuam na composição mães que amamentam, gestantes, adolescentes e crianças entre 0 a 15 anos. Cada família pode acumular até 5 benefícios mensais. O valor pago é e de R$ 41,00;

Benefício Variável de 0 a 15 anos:

Concedido aos grupos familiares que tenham em sua composição, crianças e adolescentes entre 0 e 15 anos de idade. O valor do benefício é de R$ 41,00.

Benefício Variável à Gestante:

Concedido aos grupos familiares que tenham gestantes em sua composição. O valor é pago em nove parcelas, sendo essas de R$ 41,00.

Benefício Variável Nutriz:

Concedido aos grupos familiares que tenham crianças entre 0 a 6 meses de idade em sua composição. O valor é pago em seis parcelas  mensais de R$ 41,00. Mas, somente se a criança tenha sido inscrita no Cadastro Único.

Benefício Básico:

Benefíco voltados à famílias em situação de extrema pobreza com renda mensal máxima por pessoa de R$ 89,00. O valor pago nesses casos é de R$ 89,00 por mês;

Benefício Variável Jovem:

Pago as famílias pobres ou extremamente pobres. Que possuam em sua composição adolescentes com idade entre 16 e 17 anos. Pode-se acumular nesse caso, dois benefícios. Sendo o valor pago R$ 48,00 por mês;

Benefício para Superação da Extrema Pobreza:

O último benefício é pago as famílias extremamente pobres. Sendo possível nesse caso receber apenas um benefício mensalmente. O valor pago não é definido, pois pode mudar conforme a renda de cada pessoa do grupo familiar.


Valor do Bolsa Família

O valor do Bolsa Família é pago de acordo com cada grupo familiar. Entenda abaixo o valor do benefício:

  • Quando há jovens com idades de 16 e 17 anos na família é possível acumular até dois benefícios. Sendo o valor pago: R$ 48,00;
  • Quando há crianças com idades de 0 e 15 anos na família é possível acumular até cinco benefícios. Sendo o valor pago: R$ 41,00;
  • Quando a família se enquadra no estado de extrema pobreza, o valor pago é: R$ 89,00.
Valor do Bolsa Família 2020

Valor do Bolsa Família 2020


Como se Cadastrar no Bolsa Família

Se você se encaixa nos requisitos básicos do programa que vimos no tópico anterior. Você pode fazer o seu cadastro Bolsa Família da seguinte forma:

  • Procure a prefeitura da sua cidade, o CRAS ou algum órgão de assistência social do seu município;
  • Leve consigo todos os documentos do responsável da família e das crianças/jovens da família, como identidade, CPF, comprovante de renda e residência, matrícula da escola das crianças, cartão de vacinação, dentre outros.
Como se Cadastrar no Bolsa Família

Como se Cadastrar no Bolsa Família


Documento Necessários

Para conseguir fazer o seu cadastro Bolsa Família e ter a sua aprovação para receber o benefício todo o mês para auxiliar na alimentação, saúde e educação da família, você deve reunir alguns documentos essenciais. Veremos eles a seguir:

  • Você deve levar na prefeitura da sua cidade ou no órgão de assistência social responsável pelo cadastro um comprovante de residência, como uma conta de luz, por exemplo;
  • Um comprovante que prove que a renda da família é igual ou menor que os requisitos que passamos anteriormente;
  • A carteira de trabalho do responsável da família;
  • Certidão de nascimento ou documento de identidade de todos os membros familiares;
  • Um comprovante de matrícula das crianças ou jovens que pertencem a família;
  • Cartão de vacinação das crianças.

As crianças e jovens da família precisam ter uma frequência alta na escola. Caso contrário, a família pode perder o benefício.

Outra questão importante é que a família tem que estar sempre atualizando o seu cadastro de 2 em 2 anos ou antes caso haja alguma mudança de renda ou de endereço.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Leave a Reply